A valorização do MEJ: o impacto em uma comunidade quilombola

Membros da Porte no dia da assinatura do contrato com a Comunidade Quilombola, o investimento foi de 100 mil reais.
Já pensou sua EJ faturando R$100k com um projeto? Para a Porte aconteceu!

Um movimento estudantil, uma empresa júnior, uma comunidade, um impacto. É assim que se resume essa história, a EJ que obteve um faturamento incrível e que vai impactar de forma surpreendente com um único projeto.

Há mais ou menos uma década quase ninguém conhecia uma Empresa Júnior. Repentinamente, grandes empresas passaram a contratar as denominadas “EJs” para executarem projetos profissionais. Nosso movimento vem mostrando a cada ano uma valorização imensa no trabalho de universitários comprometidos e capazes de transformar o Brasil.

É assim que a Porte Empresa Júnior, de Juiz de Fora, conseguiu impactar o mercado, mostrando seu real valor, mostrando que também são uma empresa júnior que está apta à atuar no mercado sênior.

Trouxemos o depoimento da atual Diretora-Presidente, Laura Guedes Ferreira, para contar como esse projeto chegou até a Porte e te dar cem mil motivos para que sua EJ também queira impactar cada vez mais!

“A Porte Empresa Júnior atua há 17 anos no mercado de construção civil, abrangendo as áreas de Arquitetura e Urbanismo, Engenharias elétrica, civil, ambiental e sanitária. Desde 2016, já entregamos mais de 400 soluções de qualidade para nossos clientes e somos considerados a maior empresa júnior do estado de Minas Gerais pelos dois últimos anos.
Se for para falar de história, que comecemos com um conceito muito importante: o que são Quilombolas? ‘Quilombolas são os atuais habitantes de comunidades negras rurais formadas por descendentes de africanos escravizados, que vivem, na sua maioria, da agricultura de subsistência em terras doadas, compradas ou ocupadas há bastante tempo.’ (Fundação Joaquim Nabuco).
Foi no segundo semestre de 2017 que a equipe dessa gestão abriu contato com órgãos públicos aqui em Juiz de Fora – MG, a fim de apresentar a Porte Empresa Júnior para realizar projetos de maior impacto. Foi quando um professor do curso de graduação da Geografia ficou sabendo do nosso trabalho e nos procurou para nos conhecer melhor e realizar o projeto para uma comunidade quilombola em Bias Fortes – MG, mas na época não havia verba suficiente. Após pouco mais de um ano do primeiro contato e alguns follow ups, esse mesmo professor volta a entrar em contato com a Porte, dessa vez com a verba total para realizar o sonho da comunidade quilombola.
Todo o processo de negociação levou cerca de um mês e tivemos que ser muito cautelosos para não tomar nenhuma medida que pudesse comprometer nossa empresa. Pesquisamos com pós juniores atuantes no mercado sobre orçamentação e gerenciamento de obras e fizemos diversas reuniões com os órgãos públicos, autoridades envolvidas e também com a comunidade quilombola para alinhar demandas, limitações e expectativas.”

O projeto

Seguindo as áreas de atuação da Porte, o projeto consiste num galpão de uso comum da comunidade quilombola para serem realizadas atividades econômicas, lazer e aprendizado. Laura conta um pouco mais sobre: “Os projetos a serem realizados são hidrossanitário, instalações elétricas e arquitetônico, durando 51 dias úteis. A partir de uma demanda do cliente, realizaremos também o acompanhamento de obras, que consiste em fazer toda a parte orçamentária e financeira da obra, bem como acompanhar sua execução. Essa segunda etapa levará 75 dias para ser concluída.”

O impacto

Executar impecavelmente, com a consciência de que o seu trabalho ajudará centenas de pessoas e fortalecerá o Movimento Empresa Júnior. Imagina? Laura e os membros da Porte sabem dessa responsabilidade:  “Serão cerca de 800 pessoas impactadas, 100k em faturamento, 7 ODS da ONU atingidas diretamente, uma vivência empresarial única para nossos membros e a Porte, pela primeira vez desde que o estímulo do farol foi adotado, no farol verde! Esse projeto poderia ir para qualquer empresa de construção civil, mas foi para a Porte. E com ele, veio também a enorme responsabilidade de entregar nossa melhor contribuição para uma Minas Gerais mais empreendedora! #JuntosSomosGrandesJuntosSomosMinas

A história da Porte é um marco para a rede mineira mas não deve ser contada apenas pela Laura. Nós temos o poder de impactar, todos os dias, com os diversos serviços da nossa EJ. Não seria novidade alguma se te disséssemos que tudo isso começou como um sonho, certo? Uma certeza podemos te dar: esse resultado vem de um trabalho incansável!

Você está buscando um crescimento impactante para sua EJ? Quer contar nosso próximo Case de Sucesso da Maré Vermelha? Então vem com a Maior do Mundo! Vem com a FEJEMG! As inscrições do Programa U.A.I., União de Alto Impacto, estão abertas! A rede mineira está 100% disponível para auxiliar na decolagem da sua EJ! E aí, vamos embarcar juntos nessa?! As inscrições estão abertas até o dia 31 de março e você pode acessar o edital aqui: Oi eu sou o Edital do U.A.I. 

 

 

Gabriel Kaneko
Coordenador de Formação Empreendedora

Leave a Reply